16 Dias de Ativismo na Uneb pelo Fim da Violência Contra as Mulheres

A inserção da Universidade do Estado da Bahia na discussão acerca da violência contra as mulheres é iniciada com o projeto “Consciência Coletiva: homens e mulheres combatendo a violência contra as mulheres na região Sisaleira-BA”, da Professora Eide Paiva. O impacto da Campanha em 2008 garantiu a institucionalização da mesma em 2009 como um projeto político da Universidade encampado pelo NUGSEX Diadorim em parceria com o Sistema de Bibliotecas da Universidade.

A Campanha “16 Dias de Ativismo na UNEB pelo Fim da Violência contra a Mulher” tem o objetivo de combater à violência contra as mulheres, a lesbofobia e o racismo. A atividade, que acontece anualmente nos 24 campi, da instituição promove ações como: palestras, oficinas, mesas-redondas, exposições, lançamento de livros, murais, exibição de filmes e outros eventos.

No ano de 2010, visamos promover o debate crítico em torno da violência contra as mulheres, colaborando com o pensamento e o movimento rumo a desconstrução de matrizes explicativas da sociedade que se alimentam das ciências construtoras e difusoras da “heterossexualidade compulsória”.

Na segunda quinzena de novembro de 2010 esta campanha estará sendo realizada nos 24 campi da Uneb, sob a coordenação das professoras Amélia Maraux e Eide Paiva.

FOLIA FEMINISTA! AS MULHERES NA PARADA GAY DE SALVADOR

Em 12 de setembro de 2010, a Folia Feminista “invade” o Trio Diadorim – Direitos Sexuais são Direitos Humanos, e leva para a 9ª Parada Gay de Salvador um misto de protesto e festejo, com irreverência e atitude. São as mulheres feministas do Diadorim na Parada, fortalecendo as lutas e consolidando os diálogos.

Até lá, você pode conferir algumas fotos das campanhas anteriores.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios