PARADA GAY (LGBTTTI)

A participação do NUGSEX Diadorim na Parada do Orgulho Gay de Salvador se dá através de campanhas de promoção dos direitos humanos, reafirmando o caráter critico desse grupo.

Nos anos de 2003 e 2005, o Nugsex Diadorim decidiu provocar e propôs o FLEX – Festival da Livre Expressão Sexual. Um festival com debates, instervenções de arte urbana e mostras de fotografias e cinema, sob a coordenação de Osvaldo Fernandez, Edward MacRae, Érico Nascimento (2005) e um coletivo de artistas .

Em 2004, 2006, 2007, 2008 e 2009, a provocação se deu com o Trio Elétrico “Direitos Sexuais são Direitos Humanos”, sob a coordenação de Osvaldo Fernandez, Marco Martins e Érico Nascimento.

Articulado com os projetos “AIDS, Gênero e Desenvolvimento” (2003-2007) e “Crimes Homofóbicos no Brasil” (2008-2010), o trio sempre foi uma forma de dar visibilidade aos projetos do Núcleo, provocar o debate, questionar o caráter festivo da Parada e lembrar a tod@s que o momento é de luta por direitos e visibilidade.

Em 2010, esta ação ganhou uma nova dimensão e atualmente se encontra também articulada com o Programa “A Universidade do Estado da Bahia no Combate a Homofobia”.

Reafirmando o caráter crítico construído ao longo dos anos, em 2010 o trio elétrico “Direitos Sexuais são Direitos Humanos” mais uma vez se transformará em plataforma de síntese dos projetos e ações do Diadorim.

Em 2010, o trio leva às ruas o Programa “A Uneb no combate a homofobia”, sob a coordenação do Prof Marco Martins. Para o Programa, estão previstas várias ações e, entre elas, o Observatório Virtual da Violência na UNEB, que você já pode visualizar neste link. Estão previstas também as seguintes ações:

Colóquio

Folia Feminista

Pesquisa na Parada

Confira um histórico do NUGSEX DIADORIM na Parada do Orgulho Gay da Bahia!

Este slideshow necessita de JavaScript.


Anúncios