Mapeamento de territórios e circuitos homossexuais em Salvador

Mapeamento de territórios e circuitos homossexuais em Salvador: há um gueto gay

Este projeto visou estudar as interações entre os indivíduos e os territórios e circuitos freqüentados por homossexuais em Salvador. A homossexualidade ainda é uma pratica pouco aceita, tanto por parte dos indivíduos quanto pela coletividade. Para que haja uma expressão da homossexualidade no espaço urbano, é necessário que ela seja feita de uma forma “velada”, “discreta” ou “dissimulada”. Por isso, muitas vezes os espaços freqüentados por homossexuais são escondidos ou localizados em áreas de degradação física e moral. A partir da análise da formação de circuitos e territórios homossexuais em Salvador, esta pesquisa verificou a segregação espacial dos indivíduos. Foi realizado um mapeamento dos locais freqüentados por homossexuais e discutida as concentrações encontradas. A partir da caracterização dos locais, empreendeu-se uma análise acerca da segregação sócio-espacial.

Coordenação: Erico Silva do Nascimento